Páginas

sábado, 26 de março de 2016

Planner 2016 - Fevereiro



Olá gente querida!!! Aqui estou eu em meio ao feriado da Semana Santa para mais uma postagem. Ando meio atrasada nas postagens e estou com muitas novidades para mostrar aqui.
O meu planner está quase em dia. Eu não faço dele a minha agenda de verdade, de levar comigo para qualquer lugar. Faço do meu planner um caderno de memórias, um journal decorado. Então anoto eventos importantes e significativos, pensamentos, acontecimentos, metas, objetivos, sucessos e frustrações.Acho que será super legal daqui a um tempo folhear planners passados e ver o que estava rolando na vida. 
Sempre escolho um tema relacionado ao que estou passando ou sentindo para decorar. 
Uso muitos recortes de papel de scrapbook e, agora, a minha mais nova paixão e vício, kits digitais!! O bacana dos kits é que muitas vezes tem aquele que é perfeito para o que aconteceu na semana e os recortes ficam super coordenados e nas dimensões perfeitas para planner. Complemento com adesivos, carimbos, enamel dots e adesivos click click. 

Vamos ao mês de fevereiro?





Aqui a  abertura do mês com muitos recortes em torno do tem "Valentines Day" e complementados com chipboards, stickers, carimbos e adesivos click click.




Antes das páginas semanais, tem essas duas páginas para anotaçoes de eventos e metas. Sempre uso a da esquerda para fazer uma página de scrap, referenciando algo importante do mês com foto. Nesse mês. registrei o aniversário da minha Flor. 

Primeira semana usando papeis de motivos orientais para destacar a minha busca por equilíbrio e sabedoria. Usei também o tema de férias para decorar os dias que viagem no carnaval. 
Muitas vezes, gosto de destacar os primeiro e último dias da semana com alfabetos. No mais alguns adesivos click click e chipobards.





Na segunda semana, muitos recortes no tema praia lembrar os dias que passamos em uma praia do Ceará. 
A título de curiosidade, tenho adorado usar cola em bastão para o planner. Como as folhas são de baixa gramatura, fica tudo sequinho e sem enrugar, uma maravilha!!! 





Na terceira semana, como não houve nenhum acontecimento extraordinário, escolhi recortes e adesivos variados e que representassem o que eu estava querendo registrar, sem perder de vista a harmonia na composição. Para isso, escolher bem as cores é fundamental. 






Na última semana no mês, me rendi ao meu novo vício, os kits digitais. Todos os recortes aqui utilizados foram dos kits digitais Love Your Body e Adore da Sahin Designs.  No mais, alguns carimbos, números e adesivos Click Click. 




Aqui, mais uma página híbrida, usando kit digital Scoop do One Litle Bird Designs. 




Estou simplesmente apaixonada pelo scrapbook híbrido. 

Agora, o fechamento do mês é composto por duas páginas, uma para anotações e uma com papel decorado. Vamos ver?



Achei sumper bacana complementar a linda decoração já existente nas página com recortes de kits digitais da Simple Stories. No mais, minhas anotações pessoais sobre o mês de fevereiro.

Ufa, um post bem grande né? Mas aí está todo o mês de fevereiro do meu planner 2016. Se você quiser ver mais posts sobre meu planner clique aqui e aqui

Bem por hoje tá bom né?

Um lindo Domingo de Páscoa para todos nós.

Obrigada pelas visitas

Beijocas

terça-feira, 15 de março de 2016

Álbum 2016

  
Página de Abertura do Álbum 2016


Bom dia leitores queridos!!! Hoje venho mostrar o início do meu álbum 2016. De início, escolhi o formato 6x8 e estou usando um Snap. É certo de que esse álbum não será suficiente para todo o ano. Já comprei mais um Snap para dar continuidade. 
Minha periodicidade é mais ou menos mensal. Procuro registrar nesse álbum tudo de mais marcante do ano. 
Paralelamente tenho um álbum 12x12 em que vou colecionando registros mais antigos e temas diversos até atuais. Não sou muito metódica na hora de organizar meus álbuns. Curto essa variedade de formatos, e até épocas e temas em um mesmo álbum. Esse 6x8 será só de 2016, digamos que ele será: "O Melhor de 2016".

Vocês que me acompanham devem saber que sou apaixonada por scrapbook e absolutamente todas as suas formas, talvez venha daí a minha dificuldade de me concentrar em formatos e formas de fazer. 
Tenho me encantado pelo scrapbook híbrido, tanto é que estou em dois times de design. Sem dúvida é uma forma sedutora e deliciosa de fazer scrap por vários motivos, dentre eles, a facilidade e praticidade de montar os projetos no Ps e depois imprimir para acrescentar os enfeites que tanto amamos. Além do mais, é um material para sempre que não temos pena de usar esse ou aquele card ou papel por medo de acabar, rsrsrs.

Diante de tantas faciliades e das lindezas dos kits digitais, tenho que me policiar para não ser 100|% híbrida, rsrsrs, afinal, tem muito papel e card físico por aqui esperando para ser usado em projetos. 
Assim, adotei uma estratégia de manter projetos integralmente artesanais paralelamente aos híbridos. Esse álbum 6x8, "O Melhor de 2016" é um projeto inteiramente artesanal, assim espero, rsrsrs.

O que adorei no Snap é que também podemos mesclar pocket pages (páginas nos plásticos com divisórias) com as páginas de scrap tradicionais em papel. O álbum vem com um mix de plásticos e papeis, um must have. 

Vamos deixar de papo e ver as primeiras páginas do mês de janeiro?




Essas são as páginas da virada do Ano Novo. Na direita, usei um papel da Heidi Swapp para foil e passei na Minc com foil dourado. Mantive o design, usando cards com foil dourado . Palavras lindas By Renata Moni para escrever nas fotos e poucos enfeites. Estou exercitando o estilo clean. O journalling escrito à mão para dar um toque bem pessoal ao projeto.




Mais uma dupla de páginas. Nesse álbum,  para dar um pouco mais de dinamismo, estou usando as fotos em tamanhos menores que os bolsos e combinando com cards. Vi muita inspiração nesse sentido no Pinterest e amei essa forma de disposição das fotos.
Mais palavras da Rê Moni, elas são lindas!!!



Ainda falando da nossa noite da virada, usei journalling em tirinhas e tags embutidas. 





Aqui, ao lado do plástico uma página em papel para eu brincar um pouquinho com aquarelas em um estilo bem free.





O verso da outra página e mais uma de plástico e cards, seguindo o estilo free e clean. 


Nessa próxima sequência, inseri um card como página para acrescentar uma última foto desse dia 1º de janeiro e brinquei com mais um pouquinho de aquarela no carimbo de máquina de escrever. 

Por hoje, ficamos por aqui. Logo volto com mais projetinhos pois esse ano o scrapbook está com tudo por aqui. 

Obrigada pelas visitas
Beijocas a todos e uma linda semana



quarta-feira, 2 de março de 2016

Smash Memórias Guardadas #1


Olá pessoal!!! Hoje venho mostrar para vocês um novo projeto que comecei. Vocês sabem, tenho vários projetos de scrapbook em andamento. Alguns anuais e outros com prazo indeterminado, rsrsrs, como esse. 

Outro dia precisei esvaziar um móvel para ser revestido em laminado pelo marceneiro. Foi muito divertido e emocionante. Dentro desse pequeno móvel tinham vários daqueles álbuns de laboratório fotográfico com fotos da era analógica reveladas. Passe horas vendo, revendo, rindo, me emocionando com memórias que estavam guardadas. 

Depois de muito curtir minhas memórias, resolvi que tinha que digitalizar as fotos principais e fazer algum projeto com elas. Então lembrei do meu Big Smash vermelho intacto no meu atelier. Sempre tive dificuldade de começar um Smash. Olhava para as folhas e não gostava de muitas delas e acaba começando meus projetos em outros formatos. Meio chateada por ver meus Smashes encalhados e por saber que se trata de um ótimo produto para fazermos diversos usos dele. Basta uma breve navegada pelo Pinterest e nos deparamos com inúmeros estilos de Smash. Enfim, acho que a hora dos meus Smashes não tinha chegado.

Até que um dia acompanhando a fanpage da Lari Batista, vi esse post maravilhoso sobre o Smash do pré wedding dela. Reparei que a Lari pinta e borda no Smash, tem página coberta de tecido, de fita, de papeis diferentes; tem plástico de Snap, uma misturinha craft maravilhosa!!!
Foi assim que perdi o medo de mexer nos meus Smashes, mega inspirada pela Lari, resolvi começar o meu primeiro Smash e logo o big!!!

O próximo passo foi pensar em que fotos antigas reunir nesse projeto. Então lembrei que eu e meu marido não temos um álbum que guarde a nossa história e da nossa família. Resolvido o tema do meu Big Smash - Memórias Guardadas. 

Nossa história começou, na verdade, com minha mudança do Rio de Janeiro para Manaus, pois foi lá que nos conhecemos. Fui morar tão longe de casa em razão de concurso público. No início foi muito difícil, muita saudade, muita solidão mesmo. Mas, tudo compensou, foi longe de casa que encontrei o aquele que, dois anos depois, veio a ser o amor da minha vida!!! 
Assim, começou meu Smash, com as primeiras fotos que tirei em Manaus em 1995. No flat em que eu morava, no passeio para conhecer o encontro das águas do Rio Negro e Solimões, minhas amigas que dividiam o flat comigo, meu novo endereço. Era julho de 1995 e eu jamais imaginaria que aquele ano e que aquela cidade mudariam minha vida!!!

Vamos ver como ficou a minha primeira página dupla?


Não curti muito a primeira folha do Smash e, por isso, cobri com esse papel lindo de mapa. Estou aproveitando para usar vários papeis lindos antigos no meu Smash e quero que ele fique bem craft. :)


Logo no início do Smash, esse envelope lindo em que guardei mais algumas fotinhas e uma ficha pautada contando ainda mais a história desse começo.


Na página seguinte, fotos do passeio no Encontro das Águas dos Rios Negro e Solimões e dentro da Floresta Amazônica.



Nos detalhes, doilies, carimbos, splashes de tinta, costurinhas. washtapes. Foi delicioso começar esse projeto e lembrar de tantas coisas que aconteceram. Uma deliciosa viagem no tempo que só nos mostra a preciosidade da vida, do nosso destino e das pessoas que nos cercam. E, acima de tudo, que tudo acontece na hora certa!!!

Espero que curtam essa viagem que estou fazendo no meu tempo através das páginas do meu Smash. Já estou doida para fazer mais uma página, contando mais dessa história. 

E vocês, curtem Smash? Vou adorar saber se andam fazendo algum Smashbook e como guardam suas mais preciosas memórias.

Obrigada pela visita.

Volto logo com mais novidades. 

Beijocas

xoxo